Cristo Ressuscitou!Aleluia! Aleluia!

Paz e bem!

Gostaria de, em primeiro lugar, agradecer. Ao encerrar nossas atividades da Semana Santa, a Festa da Divina Misericórdia, o evento em prol aos nossos centros sociais, louvo e agradeço a Deus por cada gesto, por cada palavra, por cada música,por cada esforço manifestado por todos de nossa comunidade!

O empenho que cada pessoa envolvida na preparação destes momentos de celebração e de confraternização mostrou a força dos vínculos que existem entre nós, comunidade católica de Guariba: “vejam como se amam!” é o que diziam das comunidades cristãs primitivas ao verem que partilhavam seus dons, eram assíduos na oração e na partilha do pão. Que digam o mesmo de nós!

Esforcemo-nos sempre a cada vez mais para alcançar isso. Que Deus possa retribuir o trabalho de cada um e que a luz do ressuscitado ilumine todas as áreas da vida de vocês que precisam de ressurreição!

Aprendamos com as falhas e cresçamos para melhor bendizer o Deus da vida!

Este é o convite da Páscoa, celebrada neste tempo pascal durante 6 semanas até a festa de Pentecostes: ressuscitar com Cristo.

Deus abre nossas sepulturas, tira as pedras dos nossos túmulos; mas sair dele é escolha e decisão nossa.

Que a experiência do Senhor ressuscitado anime o nosso coração e inflame nosso entusiasmo para podermos construir uma comunidade paroquial aos moldes daquelas dos primeiros tempos do cristianismo. Assumamos esse desafio pascal pessoal como um desafio comunitário: vamos ressuscitar nosso sentimento de pertença, o entusiasmo missionário – e que a Mãe, Rainha e Vencedora, Três vezes Admirável nos acompanhe nessa renovação de espírito! Sim, nós já começamos a preparar nossas casas,  nossas  famílias  e  nossas  comunidades  para  assumir  a missão da Campanha da Mãe Peregrina.

Em breve, levaremos Maria às casas onde nem sempre a instituição pode entrar, mas ela pode. E ela leva consigo o Filho, Jesus. Podemos ajudar com nossas orações, abrindo nossas casas, assumindo a missão, oferecendo- nos para ajudar como pudermos.

Além disso, dirijamos a nossa oração em especial para os fiéis da comunidade Santo Expedito, que celebra seu padroeiro a 19 de abril.

Também eles sejam inundados da alegria pascal.

Tornem-se testemunhas do ressuscitado imitando seu santo patrono.

Em nosso cotidiano, o povo costuma dizer: “não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje!” Esse é Expedito; esse é todo aquele que imita Expedito: Ressurreição precisa acontecer HOJE (HODIE em latim).

Rezemos também pelo bom êxito do Evento realizado em prol aos Centros Sociais Comunitários da Paróquia, São Mateus e Cristo Rei.

Participemos como pudermos para que isso aconteça. Aproveito para agradecer a quantos ajudaram das mais diversas formas.

As palavras do Senhor Jesus sejam ditas a nós: “Venham benditos de meu Pai… porque o que fizeram por um destes pequenos do Reino foi a mim que vocês o fizeram!”

Por fim, rezemos e acompanhemos os jovens que realizarão o 16º TLC aqui em Guariba no final deste mês.

Sejam de fato “líderes cristãos” para os novos e exigentes tempos em que vivemos.

Possam fazer uma rica experiência de Jesus Ressuscitado e tão logo a tenham feito saiam para anunicá-lo aos que ainda não o conhecem ou aos que se afastaram dele.

Enfim, viver a Páscoa de Cristo é viver a própria páscoa com Cristo: as derrotas e dificuldades diárias são nossa morte na cruz de Cristo. Mas as vitórias e os sucessos que alcançamos são nossa ressurreição com ele. Seja este o nosso testemunho comunitário, paroquial e cristão para o povo de Guariba: somos um povo que crê, que celebra e anuncia que o Senhor ressuscitou verdadeiramente. Façamo-lo com a vida, antes de qualquer coisa.

Deus abençoe a todos e cada um em especial!!!

Um santo e fecundo tempo pascal.

Fraternalmente, em Cristo e Maria,

10599663_602405649871201_7702377706903070025_n

 

Pe. Rodrigo C. Sicherolli

Os comentários estão fechados.