Recomeço!!!

 

O fim é sempre o início de algo, outra etapa. É preciso terminar para começar, chegar para sair, nascer para morrer, morrer para ressuscitar.

A dinâmica da vida é sábia. E nossa comunidade já terminou o ano de 2015, iniciando um novo Tempo que nos levará ao acontecimento ímpar da história: “O ano da misericórdia”.

A diferença, para quem tem fé, é que o Natal chega e permanece. Aquele que nasce, fica no meio de nós. Nos dá a salvação, o caminho da Vida, pois para aquele que crê, todos os dias, horas e minutos são dEle e para Ele. Nossa Paróquia teve um ano cheio da ação de Deus. Desde que aqui cheguei, mantenho-me olhando a presença dEle no meio desta comunidade. Ponho-me em Ação de Graças. Quanta vida doada, quanta entrega realizada em função da realização do Reino. O somatório de trabalho de nossos leigos e grupos nos dá o perfil de uma comunidade paroquial evangelizadora que, trazendo limites, não se paralisam, mas se lançam na fé com coragem. Acredito que temos coisas para purificar, necessitamos seguir firmes no processo de conversão, aprofundando cada vez mais o nosso encontro com Deus e, assim, expressarmos na vivência com o outro, na prática do bem, a nossa experiência de Deus. Vi como essa paróquia assume, no seu agir pastoral, as Diretrizes da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB e veste a camisa do Plano Diocesano de Pastoral, realizando com responsabilidade e alegria as metas pastorais.

Caminhando neste ano com este povo,  o meu primeiro inteiro com esta comunidade, nasce um sentimento de profunda gratidão a Deus e a necessidade de dizer-lhe: valeu a pena o Natal, não foi em vão o nascimento de Jesus. Por Ele cumprimos o calendário, que foi meio para mantê-Lo vivo no meio de nós. E, por que celebramos mais um Natal, temos novo calendário para seguir, fazendo o “Ele está no meio de nós”. Para começar temos o desafio da 2ª etapa da Assembleia Paroquial de Pastoral, no próximo dia 31 de janeiro, não simplesmente uma data, mas um tempo fecundo para fazermos a experiência de discípulos missionários de Jesus. Levando a imagem da Mãe Rainha de casa em casa, possamos assumir que Ele está no meio de nós, acompanhado de Sua Mãe. Aproveito a oportunidade para dar às boas-vindas ao Diác. Audive. Que seu ministério seja fecundo entre nós.

De Coração, que este Novo Ano concretize a Sua presença no meio de nós, num Ano Novo de Fé e cheio da misericórdia de Deus.

 

Fraternalmente, em Cristo e Maria,

Os comentários estão fechados.